ON-LINE AO VIVO

PROJETOS DE INSTRUMENTAÇÃO

E NORMAS APLICADAS

As plantas industriais envolvem a necessidade de diferentes especialidades na área de engenharia para sua implantação, operação e gerenciamento. Os projetos destas indústrias necessitam, entre outros, de profissionais de instrumentação e automação com conhecimentos sobre os mais diversos tipos de instrumentos e sistemas de controle de processos, suas características construtivas e como e quando estes equipamentos devem ser aplicados nas plantas industriais.

Quando falamos em especificação destes instrumentos e sistemas de controle é necessária uma lista extensa de documentos que detalhem suas características físicas, funcionalidades, requisitos de processos, atendimento a normas/legislação, permitindo sua correta instalação e manutenção nas plantas industriais. Os profissionais envolvidos além dos conhecimentos técnicos precisam estar atualizados sobre os produtos existentes no mercado nacional e internacional, ter sólidos conhecimentos de dimensionamento, relacionamento com equipes das demais disciplinas do projeto e administração de tempo e da cronologia das tarefas envolvidas. 

OBJETIVO

 

Este curso oferece treinamento sobre as premissas, o desenvolvimento e a cronologia para elaboração de um projeto de instrumentação / automação, apresenta critérios, normas, documentos, recomendações e cuidados a serem observados durante as várias etapas do projeto, visando a adequação das necessidades de projetos com as novas tecnologias da Industria 4.0.

 

PÚBLICO ALVO

Direcionado a engenheiros, técnicos e projetistas que necessitem atualizar (e/ou desenvolver) seus conhecimentos para elaboração de projetos de instrumentação e automação.

 

RESULTADOS ESPERADOS

Ao final do curso os participantes devem ter adquirido conhecimento para o desenvolvimento e gerenciamento da documentação pertinente as atividades de projeto de instrumentação e automação.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

1. Perfil dos profissionais de Instrumentação e Automação

2. Etapas dos empreendimentos industriais

2.1 Estudo conceitual;

2.2 Projeto básico;

2.3 FEED

2.4 Projeto executivo.

3. Normas - ABNT / ANSI/ISA / IEC

3.1 Identificação de instrumentos (tags);

3.2 Simbologia em fluxogramas de engenharia (P&ID).

4. Documentos de referência

4.1 Critérios de projeto de instrumentação;

4.2 Critérios de projeto de automação / redes de campo;

4.3 Memorial descritivo de processo;

4.4 Especificação de materiais de tubulação;

4.5 Índice de linhas de tubulação;

4.6 Dados de processo para instrumentos;

4.7 Relatório do Hazop;

4.8 Planta de classificação de áreas.

5. Documentos de apoio ao projeto

5.1 Cronograma;

5.2 Lista de documentos;

5.3 Lista de pendências.

6. Documentos de engenharia de instrumentação / automação

6.1 Arquitetura de sistema de controle;

6.2 Lista de instrumentos;

6.3 Lista de entradas e saídas;

6.4 Lista de cargas elétricas de instrumentação;

6.5 Lista de pontos de ajuste;

6.6 Folha de dados de instrumentos;

6.7 Parecer técnico de fornecedores;

6.8 Especificação técnica;

6.9 Memorial de cálculo – consumo de ar comprimido para instrumentos;

6.10 Memorial de cálculo – elementos deprimogênios, válvulas de controle, válvulas de segurança/alívio, válvulas reguladoras de pressão e poços termométricos;

6.11 Memorial de cálculo de redes – tempo de acesso, queda de tensão;

6.12 Diagrama de causa e efeito;

6.13 Diagrama de controle de processo;

6.14 Diagrama lógico de intertravamento.

7. Documentos de detalhamento de instrumentação / automação

7.1 Diagrama de malhas;

7.2 Diagrama de segmentos de rede;

7.3 Diagrama de interligação;

7.4 Plantas de instrumentação (locação de instrumentos, encaminhamento elétrico e pneumático);

7.5 Detalhes típicos de instalação (processo, elétrico, pneumático, suporte);

7.6 Listas de cabos;

7.7 Listas de materiais;

7.8 Requisição de materiais.

8. Atividades complementares do projeto

8.1 Verificação de documentos do projeto e de fornecedores;

8.2 Desenho 2D e Modelamento 3D;

8.3 Relacionamento com as demais disciplinas: processo, elétrica, mecânica/tubulação, civil, segurança, ambiental e jurídica.

 

METODOLOGIA

Recursos Adicionais:

  • Apostila impressa e Data Book com modelo dos principais documentos de projetos de instrumentação – (*enviados via SEDEX antes do início do curso);

  • Exercícios;

  • Análise de fluxogramas;

  • Preenchimento das folhas de especificação;

  • Preenchimento de documentos técnicos;

  • Esclarecimentos de dúvidas técnicas ( ** )

 

Bibliografia auxiliar:

  • Normas ABNT / ANSI/ISA / IEC (apresentação e indicação das normas disponíveis);

  • Leituras e referências sugeridas.

Encerramento do curso

  • Prova final;

  • Certificado digital em conformidade com o decreto 5.154 de 23 de julho 2004 liberado após a conclusão do curso pelos alunos.

CARGA HORÁRIA

40 Horas Aula

 

  • O curso de Projetos de Instrumentação ora proposto será de 40 horas/aula no sistema on-line ao vivo conforme programação a seguir:

  • Dias 6, 7 e 8 de outubro (terça, quarta e quinta)

  • Dias 13, 14 e 15 de outubro (terça, quarta e quinta)

  • Dias 20 e 22 de outubro (terça e quinta)

  • Dias 27 e 29 de outubro (terça e quinta)

 

  • ( ** ) Esclarecimentos de dúvidas técnicas

       Dias 21 e 28 de setembro (quartas-feiras) das 19:00 às 20:00 horas.

  •  Horário das aulas:

        Primeira e segunda aula: 19:00 às 20:40 horas

        Intervalo: 20:40 às 21:00 horas

        Terceira e quarta aula 21:00 às 22:40 horas.

 

( * )  Para que possamos enviar a apostila (SEDEX) em tempo hábil solicitamos que as matrículas sejam confirmadas com até 10 dias antes do início do curso.  

 

PROFESSOR

Marcílio Antônio Viana Pongitori: Mestrando em Engenharia Mecânica - Unicamp, Engenheiro Químico - graduado pela Universidade Mackenzie 1982 – Extensão em Projetos de Instrumentação - Universidade Mackenzie 1983, Técnico Nuclear - IPEN 1976, formação em diversos cursos de Instrumentação e Automação, certificado em Safety Instrumented Systems Overview and Awareness pela KenexisTM, em IC34 - IACS Cybersecurity Design & Implementation e IC37 – IACS Cybersecurity Operations & Maintenace pela ISA. Experiência como técnico, engenheiro, gerente e diretor, trabalhando em projetos de automação de processos industriais em empresas de alta tecnologia. Atualmente desenvolve projetos de engenharia e consultoria em implementação de PDAI, SIL, SIS, Indústria 4.0 pela Dynamis Automação e Cursos Ltda. Realiza palestras, conferências e aulas sobre Instrumentação / Automação. É Membro Sênior na ISA – Internacional Society of Automation e trabalho voluntário como Diretor de Treinamento da ISA Campinas Section.

INVESTIMENTO

 

Valor por aluno

Sob consulta, e-mail: treinamento@dynamiscursos.com.br

VAGAS LIMITADAS

 

NOTAS:

  • Empresas que inscreverem mais de um aluno neste curso terá desconto de 10% para o segundo aluno e 20% do terceiro aluno em diante.

  • O valor pago apenas será reembolsado no caso da não participação do aluno apenas, se esta ausência for comunicada com no mínimo 10 dias de antecedência da data de início do mesmo.

Dynamis Automação e Cursos Ltda.

Rua Uruguaiana, 1030 - Conj. 52, Bosque

Campinas - SP | CEP 13026-907